A frota

Faixa lateral elaborada para os taxis municipais

Como alguns de vocês não devem saber, nasci numa pequena cidade no interior do Estado do Rio de Janeiro, onde o município deve beirar de 15 a 20 mil habitantes. Como o local é pequeno, não é de se esperar que tenha uma grande estrutura, tais como universidades, mega hospitais, shoppings, avenidas. Nâo vejo grandes problemas nisso, porque lugares pequenos podem ter falta de serviços públicos maiores, mas geralmente são ambientes tranquilos de se viver, calmos e seguros, longe da agitação das grandes metrópoles.


Enquanto viajava, reparei que vários municípios também pequenos já tinham um esquema de padronização de taxis, enquanto o meu ainda não possui. Aproveitando a situação das eleições de 2012, sujeri à população essa idéia da padronização. O processo de padronização seria uma boa, pois assim evita o transporte pirata, passa mais credibilidade aos clientes e divulga um pouco a cidade, através do visual único do carro. Se a ideia vai dar certo e se concretizar? Ainda não sei, foi somente uma sugestão, o município precisa ter vários problemas solucionados, mas aderir a esse esquema não seria nada mal, além de não ser muito custoso. É torcer para dar certo!

(As faixas foram desenhadas no Corel Draw e depois implantadas nos carros das imagens acima via Photoshop. O símbolo na faixa é um desenho do contorno geográfico da cidade)

Um abraço!

Escrito por:
Victor Braga e Bravo
Fundador do Victor Bravo Design, Victor Braga e Bravo é estudante de Engenharia Mecânica, trabalhando também na área de design, com foco principal na customização de automóveis.