O recomeço

16 DE JANEIRO, 2015

Nada melhor do que recomeçar o ano com novas metas, novos planos. Todo ano escutamos estes mesmos discursos, muitas promessas e afins (não que isso seja algo ruim, pelo contrário, novos objetivos são sempre bem vindos), porém desta vez o meu ano novo vai realmente ser um recomeço, inclusive com algumas perdas relacionadas ao ano passado. "Como assim?", alguns de vocês devem estar se perguntando. Bem, explicarei a seguir o acontecimento, que envolve formatação, backup (alguns de vocês já devem até prever o futuro disto), muitas perdas e alguns "sobreviventes", como este Alfa Romeo 155 no desenho acima. Sente, relaxe e entre no clima destes momentos de tensão que passei.

A quase perda


Um dos momentos mais críticos foi quando supostamente o computador deveria formatar apenas a partição C: , porém a ferramenta de recuperação fez com que a partição D: (onde estavam os meus arquivos mais importantes, com alguns desenhos não publicados, por exemplo) também fosse formatada, transformando-a em apenas uma partição única novamente. Resultado: Perdi tudo.


Porém nem tudo está perdido...


Conversando com amigos sobre o assunto, um deles me sugeriu para que usasse alguns programas que conseguem resgatar alguns arquivos após exclusão. Com alguma pesquisa prévia, acabei tentando o Ontrack EasyRecovery, que apesar de parecer ser muito bom, não consegui nenhum resultado (não tiro o mérito do programa, o explorei pouco e não consegui recuperar, logo acabei desanimando e "deixando para lá").

Outra sugestão desse meu amigo foi pesquisar pelo Dropbox, porém lá já estava cheio com outros arquivos. Já com a ideia de aceitação da perda na cabeça, acabei que lembrei que não havia checado a minha conta no Mega e lá encontrei muita coisa interessante, até algumas de que eu nem me lembrava mais, como o desenho publicado nessa postagem. Bem, teve arquivo que ainda não consegui recuperar e perdi de vez, porém é melhor ter algo do que nada e nada do que começar novamente para renovar as energias (e ideias).


Aproveitando essa história, deixo essa importante dica com vocês: Caso trabalhem com algum tipo de informação ou arquivo digital, invistam em equipamentos de backup além do HD do seu computador, tais como HDs externos, contas em sites/sistemas de cloud computing [1], flash/pen drives, qualquer tipo de artifício que você tenha como resgatar os seus arquivos no futuro. Por serem os mais seguros à falhas, recomendo o HD externo e/ou cloud computing.

A nova aquisição


Depois de todo este episódio, adquiri um HD externo com a capacidade de 1 Tb de espaço de armazenamento da marca Samsung, modelo M3 Portable HX-M101TCB. Ainda é muito cedo para eu fazer uma avaliação detalhada do produto, visto que é necessário mais tempo para conhecer todas suas funções, analisar sua durabilidade e afins. Seu preço gira em torno de 200 a 250 reais e é um para se iniciar com um investimento relativamente baixo.

Vamos ver o que o futuro nos reserva


Recomeçar tudo de novo pode ser cansativo, mas de certa maneira é até bom. O segredo é sempre encarar um recomeço como uma oportunidade de ter melhores ideias e organizar novos planos. As vezes é melhor reiniciar tudo do zero. Vamos ver o que esse ano novo nos reserva?

Um abraço e feliz 2015!

[1] É o sistema onde você faz o upload dos seus arquivos em um site que os hospeda, sendo possível resgatá-los no futuro em qualquer lugar (desde que tenha acesso à internet) e em qualquer tablet, smart TV, smartphone, notebook e computador desktop.

Escrito por:
Victor Braga e Bravo
Fundador do Victor Bravo Design, Victor Braga e Bravo é estudante de Engenharia Mecânica, trabalhando também na área de design, com foco principal na customização de automóveis.